domingo, 31 de janeiro de 2010

Wariorulmus - Principio do Verão 2010

Hoje foi dia de fazer o primeiro trabalho de rotina ,depois da arvore ter sido desenhada no Outono do ano passado, em conjunto com o meu amigo e professor Rui Ferreira do Jardim Bonsai de Tavira.Com o seu talento excepcional, para conseguir tirar de bases de trabalho,desenhos magnificos e coerentes.
Foi claro uma grande ajuda para se chegar ao desenho, que irá ser trabalhado e "amadurecendo" nos anos de vida da arvore.




E o primeiro,e infinito trabalho para a base,realizei-o hoje e vou apontar aqui no seu caderno e tentar explicar as causas e objectivo, sendo rotineiro mas sempre maravilhoso, de ano para ano cada vez mais simples.

O famoso corta e cresce , esta especie é maravilhosa para utilizar esse método,reagindo bastante bem,com muitas opções de escolha de ramitos.Brotação excepcional ,e delgada quando nesseçario.
Uma especie realmente "talhada" para a arte Bonsai ,não sendo ao acaso a sua fama e utilização.

A arvore esteve em crescimento quase livre na  primeira Primavera com o novo desenho.
Objectivo: engrossar diametros dos troncos que iriam ser escolhidos; precisamente no trabalho que realizei hoje.

Realizei até ao dia de hoje,apenas  pequenas pinçagens,um ou outro ramito que nascia nitidamente fora de aproveitamento,e pouco mais.
Alguns arames (poucos) nas ramas de sacrificio a aproveitar como guia da ramagem.
E.. cultivo; adubação,agua , vaporização,sol muito sol,o maximo possivel sem deixar desidratar o solo.


***********

Fotograficamente fiz algumas imagens do resultado do trabalho realizado:

Aproveito uma parte da arvore mais facil de fotografar para explicar e ir guardando o desenvolvimento, continuo e sem fim da ramificação.

 A foto em baixo é de uma rama já depois de escolhidos os ramos, e podados os outros.
A aramagem,uma grande ajuda  para as primeiras formações,cada ano serão necessarios menos arames, até praticamente serem postos de lado.Depois de formadas as ramificações principais(nos Ulmus):





******************


Passando a desenhos para mostrar melhor:

Foto 1 (cima)
Foto 2 (Baixo)

Na foto 1,a rama actualmemte.
Na foto 2,a "operação" que realizei:

A vermelho a rama mestra; a rama que irá suster toda a ramificação e que foi escolhida neste primeiro tarbalho.
A Roxo,os ramos escolhidos de entre muitos,os mais proporcionais e em melhor posição.
E a amarelho ,brotes ,que alguns serão,em proximos trabalhos escolhidos para seguir a formação. 



**********************


Foto 3 (cima)
Foto 4 (baixo)

No desenho da foto 4,o que realizarei no futuro,espero eu bastantes anos.E que se tudo correr bem, alguém o continuará a fazer nesta arvore asseguir a mim.
A branco,um exemplo de onde poderão ser podadas as ramas no proximo trabalho de corta e cresce,para fazer as conecidades.
Ou seja, aproveitar os ramitos mais finos para fazer a continuação do ramo e podar a parte mais grossa..Resultando na conecidade das ramas que a professora natureza nos mostra todos os Invernos nas arvores de folha caduca.



******************

Foto 5

Na foto 5,o futuro imaginário da rama,quando estiver numa fase mais adiantada de estrutura.E como se pode observar ,mais simples de trabalhar ,pois os ramos já têm espeçuras defenidas e percebe-se melhor qual a "linha guia" da rama;que no desenho está marcado a Negro sobre o vermelho.



*************



E claro, as fotos de como se encontra actualmente.
Ainda em principio de formação,mas que  os anos e o trabalho vai mostrando o desenho defenido.
A natureza de cada especie que seja aconselhável este metodo de trabalho,varia a sua velocidade de resultados visiveis.
Resta-me apreciar ano após ano o seu  amadurecimento.



4/07/2010






Frente





Rodando  na mesma direção dos ponteiros dos relogios (analógicos):









2 comentários:

Rui Ferreira 5 de julho de 2010 às 20:23  

Olá Rodrigo

É bom ver que a árvore ganhou força e se está a desenvolver bem!
Penso que se a adubares bem durante toda a estação ela irá continuando desenvolvendo cada vez mais ramificação.
Adoro trabalhar esta espécie para desenvolver ramificação fina e natural.
Um grande abraço

Rodrigo Sousa 6 de julho de 2010 às 02:37  

Olá Rui.
Obrigado pelo comentário.
Tinha retirado todo o adubo,asseguir a podá-lo.
Vou seguir o teu conselho,e este ano fazer uma adubação continua (sem interrupções da epoca do calor).
Este Ulmus costuma acabar muito cedo,ou seja em meados de Setembro,a rebentação,e até hoje nunca fez a "2ª Primavera" começa logo a perder folhagem.
Em compensação é o primeiro a tocar o sino da Primavera,acorda logo nos finais de Janeiro.
Este ano com adubação continua,a ver como reage.

Cumprimentos
Rodrigo

eXTReMe Tracker

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP