sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Minhas bases - Pinu da Costa - 1º Trabalho

Estes dias estive a realizar o 1º trabalho com esta arvore.




Um Pinus Sylvestris vulgarmente chamado de Pinheiro Silvestre ou Scots Pine.
O unico que possuo  e que adquiri como experiencia,para analisar se era possivel uma adaptação da especie á região onde tenho os meus projectos para Bonsai a desenvolverem-se.

Uma região que tem quase todos os contras que se encontram em artigos didaticos dedicados ao seu cultivo e posição.
Por essa razão já tinha posto de lado,uma possivel interação Bonsaistica com plantas desta variedade de Pinus,com bastante magoa,pois é uma das especies que mais gosto de ve ver construido em Bonsai para além do cliché Bonsaistico:
Poderá se fazer uma coleção Bonsai sem um unico Pinheiro?
Não fica a sensação que falta algo tão emblematico do Bonsai,no nosso Kintall.

Niveis elevadissimos de salinidade no ar.
Amplitudes termicas muito baixas.
Ventos bastante fortes.
Etç..

Quase todas as contra-indicações para cultivar Pinus Sylvestris....


21 Junho 2010


As 1ºs observações após um ano de habituação da arvore ao seu novo "habitat" e simultaneamente recuperação da recolha da natureza tem sido positiva a sua reação mostrando bastante vivacidade ; cor da folhagem vivaz,agulhas bastante fortes e compridas bastantes velas .. enfim até agora sinal de boa saude (prematuro tirar ilações desde já,talvez?).



Problemas fungicos ao nivel das raizes,é o que receio mais e que em climas semelhantes ao desta região têm-se mostrado mais cedo ou mais tarde como carrascos da especie.
Pois neste primeiro ano,ainda não se revelaram,para isso também tem sido bastante controlado preventivamente com produtos fitossanitarios.

Na parte aeria da arvore e visivel,pois os produtos anti cochenilha Branca tem sido bastante utilizados devido á insestentes reaparecimentos da praga.
O que pode ser bastante nefasto a aplicação exagerada,exterminando a praga e em conjunto a vida microbiotica do solo e debilitando as raizes.


Futura frente
21 Junho 2010



Para já resultados positivos nestes 11 meses,o que me leva a procurar mais alguns irmãos para avançar para Bonsai.

Passo para o 1º trabalho que estes dias realizei.
Planear o seu desenho para começar a intervir directamente na arvore,caso continue a mostrar boa saude em Setembro/Outobro deste ano.

Depois de observar bastantes hipoteses,cheguei ao desenho mais tradicional.


Tentando o tipico Pinheiro Bonsai que é meu desejo passar varias centenas de anos vivo por este planeta com uma formação bastante classica,a tactica do triangulo..Do alinhamento de apice em armonia com a base,enfim um classico..

Pinheiro Negro Japones,chamado de  ''Third Shogun,'' estimado em 550 anos de idade e que faz parte das 600 Bonsai do Omichi Teien Garden,o palacio Imperial do Japão.


Os desenhos que fiz guardo aqui neste post para organização.
Agora será executá-lo tecnicamente o melhor que conseguir e nos tempos corretos ,para nos darmos bem.

Todos os trabalhos vou guardando e registando aqui neste caderno digital.


Frente futura da arvore:




Ramas de desenho a amarelo
Posição das copas e do apice a vermelho






Desenho da arvore
21-06-2010



Continua em Setembro/Outobro deste ano...



2 comentários:

Nuno Encarnação 23 de junho de 2010 às 11:24  

Viva, Rodrigo.

Estive a ver o teu estudo e a única consideração que faço é a de tentares construir o triângulo de modo mais assimétrico. Da maneira como está desenhado fica muito estático e penso que podes incliná-lo para a esquerda, criando assim uma assimetria e uma direcção da massa verde para este lado que acompanha o movimento do tronco.
Abraço!

Rodrigo Sousa 23 de junho de 2010 às 16:54  

Olá Nuno, Viva.

Penso que consiga corrigir esse pequeno mas que dita muito na arvore,contrabalanço com o movimento do tronco que falas, depois no angulo de envase.

E fazer a rama forte á direita abaixo do apice.
Penso com as ramas que tenho ser possivel e equilibrado esse desenho.
Apenas vou trabalhar com 3 ramas base,se ficar bem equilibrado de principio,fica tudo mais facil para ir aparecendo uma arvore bastante tradicional.
Vamos lá ver.

Obrigado pelo comentario e claro na altura da primeira formação vou rever muito bem e claro o teu reparo é levado em conta.

Um abraço
Rodrigo

eXTReMe Tracker

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP