domingo, 3 de janeiro de 2010

Historia de uma base "ruin"!! Apresentação,fase zero..

 Material não muito aconselhável para se trabalhar,mas que está-me a dar-me uma grande satisfação.


quarta-feira, 18 de Novembro de 2009


Historia de uma base "ruin"!!


Uma base quase impossivel para se trabalhar,mas que pessoalmente tem um passado um pouco engraçado,que agora tentar transformar num Bonsai vai-me dar bastante interesse.

É uma arvore que para a especie é muito jovem,mas para um vaso já com alguns anos.
Foi uma  pequena recolha quase de caroço de azeitona,talvez á 14 ou 15 anos atrás.
Nunca esteve em treino para Bonsai,nem nunca foi essa a intenção.
A intenção era simplesmente deixá-la crescer livre num vaso para ir crescendo,só pela graça de ter uma Oliveira envasada.

Uma foto que descobri  nos albuns de familia de Julho de 1999,em que por acaso aparece a minha base de trabalho para ensaiar um Bonsai (actualmente).

Pois estes tempos já tinha olhado varias vezes para o nebari um pouco radial e já com alguma casca ,com olhos mais bonsaista.




Embora o tronco seja bastante "redondo",mas que tem um pequeno movimento,que imaginei tentar transformar com alguns cortes para fazer uma arvorezinha miniatura das Oliveiras em estado natural da minha zona.

Comecei a formar mentalmente a arvore apenas de um tronco cortado.
E tentar com algumas tecnicas e com o passar de muitos anos, uma arvore que me atraia e consigo converter os seus problemas todos em algo agradavel.

Plano mental que que passei para papel e tenho para os proximos tempos:


FASE 1



FASE 2



FASE 3


E aproveitei para começar este desafio,aquando de um pedido para podar uma Boganvillia que estava enorme a precisar de um corte radical,e eu não sei como foi possivel enganei-me e cortei a Oliveira.

Quem sofreu mais com tal erro,agora passados 4 meses já me fala outra vez.

17 Setembro 2009


Os pequenos(minusculos)trabalhos que comecei.


A conecidade do tronco


Enrogar um pouco a base artificialmente através de alguns cortes:


Um pouco de madeira morta para explorar futuramente na base:




Passado um mês:

Escolhi algumas ramas para engrossar e incorporar na silhueta.
Retoquei os cortes e pequenos trabalhos que tinha feito na madeira.

15 Outobro 2009




Uma base com um carisma  nulo,que vou tentar transformar com o tempo.

Inicio     Menu

y

0 comentários:

eXTReMe Tracker

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP