sábado, 1 de outubro de 2011

KINTALL Big Brother - EPISODIO NONO



EPISODIO NONO

TESTE LIMITE DE ENRAIZAMENTO DE ESTACAS
FICUS CARICA
"3ª e ultima parte"





No dia a dia das minhas activiades relacionadas com o Bonsai, hoje foi a ultima parte de um teste á nossa Figueirinha ,a Ficus Carica.

Nesta região não falta material para Bonsai desta especie,e hoje decidi fazer o derradeiro teste ao limite do diametro que se pode enraizar estacas da especie.

Caso seja positivo,pois não vale a pena testar diametros maiores,fica-me provado   que poderei enraizar qualquer que seja o pedaço de uma arvore da espessura que desejar.




Uma nova especie Bonsai,que se adapta excelentemente aos pequenos vasos.

De uma resistencia fora do normal.
Longetividade, bem tratada poderá atravessar no seu vaso varias gerações,com uma capacidade fabulosa de sarar as feridas da sua casca.
Facilidade e predesposição das raizes para formar excelentes Nebari e criar estilos Ishizuki e Sekijoju,com raizes aparentes fabulosas.
redução de folha, com tecnica faz-se sem grandes problemas ,aceitando muito bem a defoliação.
Frutifica sem qualquer dificuldade,um ponto bastante atraente na Primavera e em pleno Verão,dependendo da variedade.
E o melhor de tudo a magnifica adaptação ao clima semi mediterranio e a climas fustigados por tempos secos e aguas calcarias.

Muitos aspectos  para vingar, como uma  especie Bonsai a ser aproveitada.
Podendo mesmo daqui a uns anos (se explorada) concorrer com os magnificos exemplares de folha caduca,de grande tradição Oriental ,que começaram a ser usadas nos novos paises que praticam a arte.Fotos,livros e exposições de paises com climas mais compativeis, fazem-nos muitas vezes insestir na sua criação problemática (em condições e regiões semelhantes em que vivem os meus projetos).

Uma "nova" especie que bem aproveitada poderá "brilhar" nos Jardins Bonsai Mediterranios e não só (Sul Americanos,centro Americanos,Extremo Oriente...).

Por estas razões todas decidi testar até onde poderia ir com apenas um serrote na mão.
E aproveitar a faculdade de "super enraizamento" da especie.




Caso seja positivo poderei avançar na procura de troços bastante atraentes,com uma margem muito grande de certeza que enraizará .




O meu derradeiro teste,vai se fixar num diametro de 25 cm da base,com a agravante de possuir  partes secas.



Diametro da base = 25 cm


Esta estaca deu um pouco mais de trabalho nos preparativos pré-envase , vou mostrar aqui o que foi o Big Brother do dia de hoje com este troço de Ficus Carica:

1º Limpei todo o troço,com escovas de plastico para retirar todos os musgos e fungos que tinha na casca.










Em 2º  limpeza da madeira seca,uns enormes Uros que possuia.Escavei ao maximo toda a parte podre com um formão e em seguida com um berbequim com escova de aço limpei toda a parte que estava podreficada.
















Em 3º fiz a mistura de solo para envasar,e fixei extremamente bem a estaca ao vaso.





Por ultimo  uma armação em arame para cobrir o vaso com plastico negro de maneira a não estar em contacto com a estaca.



Ultimo de Junho de 2010
Bastante agua,vedada  e...
Pronta para 40 dias de teste:



Altura em que será realizada a observação,se criou raizes e brotou (nova posição), se secar ( tirar ilações).
Caso seja positivo fica-me provado que posso usar o metodo de estaquia em qualquer troço ,em qualquer espessura de qualquer parte da arvore e completamente viva ou apenas parcialmente.


**
E este interesse em conseguir um enraizamento de estacas de qualquer parte de uma arvore mãe,vem no seguimento que me tenho apercebido da dificuldade de conseguir boas bases de principio ,e talvez por isso não estar ainda tão implantada como isso a especie em Bonsai.Devido à sua natureza  em criar ramas rectas e sem conecidades,tornando o yamadori invalido,bem como aquizição de plantas de viveiro muito invalida também.
Ao contrario de outras especies que permitem desde logo bom material para formar Bonsai,como os Pinus e Quercus via recolhas,as Oleaceas via recolha ou estaquia os Buxus via madeira morta artificial,os Taxus via hortos,etc,etc,etc... 
**

E vai sendo assim o dia a dia ou Big Brother de um Bonsaista bastante amador.


30 DE JUNHO DE 2010
EPISÓDIO NONO




3 comentários:

Nuno Encarnação 30 de junho de 2010 às 20:40  

Oi, Rodrigo!
Reportagem 5 estrelas!
Eu também ando a ter se encontro uma estaca com potencial para fazer uma figueira com maior calibre. Tem sido difícil encontrar uma de jeito porque, como dizes, muitas vezes encontram-se secções de ramos muito direitos e com pouca conicidade, pelo que é difícil encontrar aquelas secções que realmente interessam.
Mas pelo que estou a ver, tu andas com uns belos achados. Por isso, acho que ainda te vou é chatear a cabeça para quando andares à caça de coisas dessas, não te esqueças de guardar uma estacazinha aqui para o amigo! ;)
Abraço,
Nuno

Rodrigo Sousa 1 de julho de 2010 às 02:17  

Viva Nuno.

Isso é genial...
Esta semana estou cá em baixo,a ver se consigo uma estaca que goste para ti.

Envaso e depois dou-te um toque para te entregar..com a condição de irmos trocando informações das tecnicas que vamos usando para fazer o Bonsai.
Eu estou a experimentar reduzir o tamanho dos figos...
E usar hiper adubação,a arvore,aceita e agradece,com rebentação extraordinaria e as folhas verdes vivas,..Haja tesouras..

Um abraço
Rodrigo

Nuno Encarnação 1 de julho de 2010 às 11:00  

Dá-me um toque à vontade que já ando com saudades de trocar umas impressões contigo. Com ou sem estacas!
Um abraço

eXTReMe Tracker

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP