sábado, 30 de abril de 2011

Técnicas de aquizição de bases - Portulacaria Afra / Crassula Ovata

Técnicas de aquizição de bases

Plantas suculentas
 Portulacaria Afra e... Crassula Ovata







..especies que na região onde passo a maioria das horas, não existe em estado selvagem,bem como em grande parte das regiões do globo terreste.

.. apenas em algumas zonas de Africa e da Asia Ocidental crescem silvestres ..






.. especie nativa da Africa do Sul, um dos seus papeis neste planeta é alimentar os Elefantes Africanos.
Para isso desenvolveu sistemas de reprodução incriveis, para poder sobreviver, sendo mais rapida   a propagar-se,que os ditos animais a engerir.









Daí a sua facilima,quase inacreditavel maneira de se reproduzir,criando raizes em qualquer lugar da sua estrutura,seja de que grossura for e em que solo for.

Devido ao seu cultivo facilimo,conquistou quase todo o mundo,emigrando e adaptando-se a milhões de vasos de jardins,de entradas de aposentos,de ornamentais de interior em paises frios etc..



.. por estas razões a recolha dos campos está fora de questão..
..como pré Bonsai também (que tenha conhecimento) é bastante dificil de adquirir algum exemplar com qualidades já desenvolvidas para trabalhar ...





... nos hortos e viveiros é vendida bastante jovem , o que não oferece muitas hipoteses para se adquirir alguma base já com idade e algum carisma para trabalhar..



.. porém , por vezes existem formas um pouco caricatas e muito pouco ortodoxas para adquirir material para trabalhar ..

.. e nestas especies é mesmo uma forma bastante caricata que tenho usado como técnica (não sei se lhe poderei chamar assim) de aquizição.


Plantas idosas ornamentais


.. uma planta que em regiões de climas amenos ou quentes e secos,é de uma resistencia fora do vulgar envasada,suportando falta de regas e humidade meses a fio,cortes radicais,falta de nutrientes chega a aguentar anos e anos,resiste igualmente á falta de solo mesmo ocupando com as suas raizes dentro de recepientes ..














.. toda essa resistencia a situações bastante adversas dentro de vasos, faz com que mesmo abondonadas anos a fio,ou esquecidas,ou mal tratadas ,subsistem vivas decadas evidentemente de maneira atrofiada.
O que faz com que seja frequente (e aqui é que entra a forma caricata da aquizição de bases),em bastantes locais, ver plantas destas especies em vasos muitas vezes já com 30 e mais anos.




...o que faz com que algumas dessas arvores tenham bastante idade e que seja possivel de aproveitar para começar a formar um Bonsai já com um ponto de partida aceitável ..











.. por tudo isto a técnica pouco ortodoxa que tenho usado para adquirir bases de trabalho com estas especies é a aquizição dessas arvores aos donos particulares através de trocas com outras plantas jovens e mais "bonitas" ou mesmo a compra normalmente por preços simbólicos e muitas vezes chega mesmo a ser oferecida ..





Ovata oval 










Crassula Esticada

.. portas,varandas e jardins , olhos  atentos,aos velhos vasos e velhas plantas .. uma bizarra TÉCNICA DE AQUIZIÇÃO DE BASES !

.. contudo, pode resultar em bases de partida agradáveis para se começar a treinar plantas destas especies para Bonsai !!

6 comentários:

Leonardo Couto 5 de junho de 2011 às 00:53  

Olá Rodrigo, tudo bem?!

Ganhei da minha avó de aniversário uma portulaca afra e fiquei super feliz pois acho linda essa planta!!
Na hora pensei na sua zona africana!!rsrs
Que tipo de cuidados você tem dado a essa espécie?!
Adubação, ensolação, estilização, substrato...
Se puder me dar algumas dicas..
Forte abraço,

Leonardo Couto

Rodrigo Sousa 5 de junho de 2011 às 14:46  

Viva Leonardo..

Eu na pouca experiencia que tenho com as suculentas,já deu para tirar algumas conclusões.

Ultimamente tenho estado bastante interessado nestas especies e tenho trabalhado algumas.E tenho gostado bastante.
Umas não têm qualquer hipotese de tirar desenhos através das ramas que possui o que tenho podado até apenas uma linha ou duas de troncos base e o restante terá de ser feito todo de principio..Ou seja toda a ramificação apartir do zero apenas com os troncos base.

É uma especie que como te disse tenho gostado.

O cultivo que tenho usado é o mais drenante possivel que consiga,por exemplo metade ou um pouco mais de arião (pedrinhas do rio),e o restante em akadama de grão medio.
Para que não fique agua estagnada no solo o que facilmente apodrece as raizes e por outro possibilita que se possa regar e adubar bastante forte com 20-20-20 ou semelhante.

Se o solo não drenar é impossivel de regar abundantemente e de adubar fortemente porque apodrece as raizes e nota-se logo nas folhas amareladas a desprenderem-se muito facilmente e muitas cairem..
O que normalmente faz com que se passe a regar de bastante em bastante tempo para evitar isso,como normalmente vem em manuais de tratamento da especie (alguns indicam mesmo regas de mês a mês) e não se tira o maximo proveito saudavel da planta.
Mas o que tenho notado é que com bastante adubo e regas a planta responde muito melhor,brotando fortemente e bastante vivaz o que faz com que se consiga podar constantemente para poder formar a arvore com entrenós bastande curtos para no futuro ter uma grande quantidade de folhagem muito compactada que é um dos factores fundamentais para reduzir o tamanho da folha (ficam minusculas e vivazes) e dar credibilidade e um desenho bastante apurado,o que pode tornar numa arvore atraente mesmo com as limitações bonsaistas que oferece..


A posição que uso e penso que em climas amenos ou quentes será talvez o mais indicado é o maximo de sol possivel na minha região é virado ao quadrante Sudoeste,pois noutras regiões será quadrantes diferentes.

O que tenho feito na altura que me chega a planta ás mãos é retirar o solo antigo todo,começando a limpar a terra antiga por cima para descobrir o nebari que normalmente está enterrado no solo e assim ao limpar de baixo para cima aproveitar as raizes mais abaixo.

Se começar a limpar por baixo acaba-se por partir e cortar as raizes mais abaixo e ter de aproveitar as que partem do futuro nebari o que compreencivelmente é uma perda de tempo na formação do sistema radicular que nessecitamos.

..continua na mensagem em baixo!!

Rodrigo Sousa 5 de junho de 2011 às 14:47  

Depois de envasar no novo solo,a planta ganha força bastante melhor se estiver com o solo completamente seco durante algumas semanas,lançando raizes novas abundantemente.

Não é uma planta facil de estabilizar as raizes no vaso (o arranque),até ganhar força e começar a dar o maximo em pouco espaço de solo leva um pouco de tempo,caindo muitas das vezes grande parte da folhagem antiga e depois aos poucos vai brotando até ganhar a maxima força..

Quando está estabilizada,aí gosta é de agua e nutrientes em abundancia; pelo menos no pouco tempo que tenho de trabalho com esta especie é o que tenho notado.

Quanto a desenho é como disse no principio,muitas só se consegue retirar uma linha ou duas de ramificação para o desenho,porque o restante são ramos cilindricos e rectos sem qualquer tipo de aproveitamento para se tentar um Bonsai interessante (isto claro é o meu ponto de vista,outras pessoas porém talvez gostem de trabalhar de maneiras diferentes e claro é sempre interessante conhecer as razões e maneiras de sucesso de colegas).

Outras temos a sorte de ter desde logo muitas opções de trabalho,desde logo apartir de ramificação existente.

Nas Crassulas penso que é mais proveitoso começar por bases bastante altas e volumosas para conseguir tirar proporções equilibradas e arvores interessante..70,80 cm e mais de altura..

Nas Portulacarias com as folhas bastante reduzidas penso que mesmo em Shuin se pode fazer arvores interessantes..

Leonardo qualquer experiencia ou algo que nessecites podes vir ter aqui comigo a este Kintall,que dentro dos possiveis vou tentando actualizar com as minhas experiencias e trabalhos que vou fazendo,e claro adoro ler e conversar com as experiencias de colegas..
Embora muitas vezes devido á falta de tempo para a Web não consiga registar alguns pequenos trabalhos ou ideias,como tem estado a acondecer devido a muitooo trabalho profissional.

Uma saudação
Rodrigo

Leonardo Couto 5 de junho de 2011 às 16:23  

Olá Rodrigo,

Como sempre, você se mostrando super prestativo...
Bom, a crássula me foi dada por vovó, que, então algumas questões não foram levadas em consideração...
Vou postar as fotos em meu blog e peço que assim que o fizer, dê sua opinião...
Mas de cara eu já estava pensando em trocar de vaso, pois além de estar com crescimento limitado, eu estava pensando também no aspecto de poder regar e adubar mais, daí pensei em algo drenante também...
Suas experiências confirmaram minhas estimativas!!!
Vou envasar, e no próximo ano deixar crescer livre, até estar com a saúde bem estável, para então começar a pensar em algum desenho.
Forte abraço,

Leonardo Couto

Victor Cristobal 30 de abril de 2012 às 22:26  

Rodrigo Muchas gracias por compartir esta información, te sigo hace un par de años y siempre es un placer leerte.
La Poertulacaria es una planta que me gusta mucho y gracias a tus post y tu blog he podido compartir a mis amigos.
Nuevamente muchas gracias y recibe un cordial saludo.
Victor

Rodrigo Sousa 1 de junho de 2012 às 22:32  

Hola Victor.
Disculpa la respuesta tardía.

Gracias por las palabras ,este pequeño espacio es el lugar donde voy guardando los asuntos qui me gusta sobre Bonsai y resulta gratificante poder quedar on-line...
Me ha gustado mucho de trabajar con esta especie y estoy a aprender de ella, las plantas serán quien nos muestra la mejor manera de trabajar con ellas hacia la creación de un Bonsai...

Tengo una pequeña colección de 12 plantas y es fichada a nuevas residentes(estay completa!!)
Estoy trabajando lo mejor que puesso en interacción con la especie y son esas experiencias y trabajos qui voy a publicando por aqui, las ideas que tengo para cada árbol , y los resultados de las experiencias qui voy hacendo (que a veces puede incluso no ser el mejor !!, pero es como dijo voy aprendendo poco a poco con la planta).

Un saludo grande y mas una ves gracias por el comentario y siempre muy Bienvenido aquí.

eXTReMe Tracker

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP