quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Crassafária



Decidi considerar esta planta,que começou por uma brincadeira,num projeto para fazer um Bonsai.
Uma especie muitas vezes odiada como tal.

O começo deu-se o ano passado (2009),no Outono por uma "brincadeira".
Era uma daquelas plantas abandonadas num vaso na porta de casa à varios anos (muitos).



Por curiosidade e " fanatismo" Bonsai,quiz ver como reagia à desfolha,e como seria o aspecto com alguma forma de arvore miniatura.

Fui-me entusiasmando ,e ao conseguir reduzir as suas folhas carnudas,e dar-lhe forma através de tensores,comecei a ter ligação com a planta.

Comecei a olhar para ela como uma enorme arvore Africana (- voando sobre um ninho de cucos -).





Pois apartir de hoje faz parte das minhas bases para Bonsai...
Mais uma de um rol de seculentas que até  à pouco tempo atrás,estava muito longe de entusiasmar-me como Bonsai,e de conseguir tirar prazer em trabalhar com plantas com estas caracteristicas.

Pois estou a tentar construir uma arvore que possa chamar de Bonsai ,que tem maneiras peculiares de trabalhar,e já por muitas vezes imaginei o seu futuro com o trabalho mais avançado.
Desde o vaso defenitivo,nebari com raizes estendidas e fortes, até á cor do solo...Tentando uma arvore atrativa,e que goste dela .

Quando lhe "peguei"  era um emaranhado de troncos e folhas largas,que podei de maneira a dar  alguma forma e conecidade.


~~~~~~  NO PHOTOS ~~~~~~


Poi no dia de Ontem resolvi que me vai acompanhar como Bonsai.
E para tal começei desde logo o primeiro trabalho com vistas a um resultado.

E o principal pois seria desde já reduzir a quantidade de solo e começar a treiná-la para envasar num baixo recepiente apropriado para o conjunto vaso/arvore.





Para o ano fica marcado o começo da construção do Nebari,e entretanto...  vou tentando construir uma ramificação coerente com uma arvore Africana de cariz bastante amplo e proporcional.
Para isso pois vou nessessitar de bastante folhagem(a melhor técnica para reduzir o tamanho da folha),de uma atenta poda e seleção de brotes para manter proporções e entre nós curtos.




17 Abril 2010




Continua....




6 comentários:

Nuno Encarnação 23 de abril de 2010 às 12:05  

Belo Safari.

Vai responder bem de certeza. A única coisa que tem mais dificuldade é na reacção à aramação pois os ramos são muito elásticos. Mas com esses tensores que colocaste, podes deixá-los o tempo necessário para ganhar forma.

Abraço,
Nuno

Rodrigo Sousa 23 de abril de 2010 às 23:45  

Olá Nuno,um grande viva.

Nuno ,não sei se com a Crassula acontece o mesmo?Mas na Portulacaria,numa poda que fiz de troncos grossos,reparei que os ultimos quatro aneis eram praticamente agua.Só começava a lenheficar ao 5º anel e a parte lenhosa bastante dura..
O que me levou a concluir(não sei se estarei certo),que serão nesseçarios 4 anos para pôr defenitivamente uma rama na posição desejada.

Fica agendado uma publicação para 2015 sobre esse tema aqui no Kintall,já com resultados conclusivos...

Nuno com a quinta de bonecada da minha filha uma maquina fotográfica,juntamente com os projetos seculentas,que tem vindo a aumentar drásticamente de vaso de vizinha em vaso de vizinha!!
Dá mesmo para fazer um safari(fotográfico)..

Olha batizas-te esta planta,pode ser que algum dia chegue a Bonsai,sem olhares um pouco de lado.

-CRASSAFÁRIA-

Obrigado pelo comentário,um grande abraço.
Rodrigo

Nuno Encarnação 26 de abril de 2010 às 10:48  

Não sei se te podes fiar apenas na contagem dos anéis, já que com aminha portulacaria, num ano de crescimento, são produzidos diversos anéis num ano. Mas realmente, para lenhificar demoram algum tempo e penso que menos de 1 ano não deve ficar no lugar.
O que tenho visto é que a poda é a melhor maneira de conduzir o crescimento da portulacaria e penso que com a crassula deve ser o mesmo.
Claro que com esses ramos que já tem, a aplicação detensores é a única maneira. Senão tinhas de deitar tudo abaixo para começar de início.
Uma coisa que já reparei, mas com uma crassula da minha mulher (que não está nos planos em transformar para bonsai), é que com o tempo, os ramos afastam-se naturalmente uns dos outros. Não sei a tua terá a mesma resposta.

Abraço,
Nuno

Rodrigo Sousa 27 de abril de 2010 às 14:42  

Viva Nuno..

É verdade,isto da contagem de aneis,falha muito os calculos da idade...
Muitas especies fazem mais de um anel por ano,está comprovado..
Nas seculentas,não fazia a minima ideia de quantos aneis produz por ano..Segundo a tua experiencia(obrigado pela partilha),pois parece que é capaz de lenheficar em menos tempo..

Vou dando noticias de alguma conclusão, pelos vistos talvez antes de 2015....

Um abraço e vai comentando,que os teus comentários são sempre bastante oportunos e com sentido...

Olha Nuno em P.S. gostei do teu entre parenteses!!Não vá a tua esposa,dar uma vista de olhos nos comentários!...
Pode ser que escape a Crassula...Não me parece....

Anónimo,  16 de outubro de 2010 às 05:04  

Boa Noite!
Temos uma planta igual à essa e não sabiamos o nome delas.

Abraços:
Elton e Gleice

Bonsaista,  3 de novembro de 2010 às 09:25  

Sinto muito decepciona-lo, mas uma crassula nunca poderá ser considerada um bonsai. Um bonsai é a miniatura de uma árvore. A crassula é uma suculenta, portanto nem msm possui galhos lenhosos, que é uma característica muito importante de um bonsai. No entanto, não deixa de ser uma bela planta, mesmo nunca podendo ser um bonsai. Abraço.

eXTReMe Tracker

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP