sábado, 12 de novembro de 2011

KINTALL Big Brother - EPISODIO VIGÉSIMO QUARTO






EPISÓDIO VIGÉSIMO QUARTO

 VASOS PARA CACTUMONOS  
1ª PARTE
"Vasos"



Hoje tive mais um episódio relacionado com o largo campo que abrange e rodeia a actividade Bonsai e as suas varias vertentes.


Desta vez relacionado com a tentativa de realização de alguns Kusamonos baseados nos rústicos cactus que ocupam um lugar importante na paisagem do meu Kintall.E que recentemente numa exposição observei um resultado que me fascinou como planta de acompanhamento de também algumas rústicas espécies que são criadas em forma de pequenas árvores.





E para me iniciar nesta aventura Cactumono e projectos para um pequeno stock de plantas que possam algum dia acompanhar algum Bonsai (ou apenas para compor o espaço onde alguns projectos que vou criando "habitam") comecei por procurar soluções para os recipientes dos trabalhos..






Pois e comecei por pensar em alguns vasos que pudessem complementarem-se com as plantas de maneira atractiva..










Os entre tantos ... deste episódio, foi a deslocação até ao lugar (Meu Kintall Litoral) onde se encontram algumas pedras que poderiam  resultar num conjunto deste tipo..

Os finalmente ..deste episódio , vou publicar por aqui neste Big Brother de um Bonsaista amador e das suas  variadas vertentes que não dão espaço a falta de actividade e sobras de pedaços de tempo ..















As imagens espalhadas por esta publicação são as fotografias das pedras que escolhi para realizar os projectos ..

Sem conhecimento para agora se poderá resultar ??









..mais  episódios terei na construção de alguns Cactumonos,com a aquizição e incorpuramento das plantas nas rochas que foram o motivo de mais um agradável episódio bonsaista que tive no presente dia e que publico por aqui em formato BIG BROTHER do meu Kintall..


FIM DA 1ª PARTE 





12 DE NOVEMBRO DE 2011
EPISÓDIO VIGÉSIMO QUARTO


2 comentários:

Rui Ferreira 13 de novembro de 2011 às 07:59  

Estas pedras têm realmente formas fantásticas!
Algumas têm uma plasticidade de formas que só parece ter saído directamente da mente de um artista e no entanto...
As duas fabulosas pedras que me deste estão também aqui no estúdio e para uma delas pelo menos já tenho uma imagem mental de uma composição que gostaria de desenvolver envolvendo o uso de um Juniperus que pela sua forma reflicta o ambiente natural donde estas pedras proveêm!
Mas algumas ideias demoram a amadurecer e para isso terei de encontrar o material apropriado para essa cena.
A coloração das pedras também é fantástica pelo banho de séculos de imtempéries que levaram.
Abraço!

Rodrigo Sousa 13 de novembro de 2011 às 19:19  

Olá Rui.

Vou tentar aplicar uns Aloes e umas "piteiras" em algumas pedras para plantas de acento..vamos lá ver se resulta a mistura!O culpado és tu deste interesse,devido a um kusamono que vi de tua autoria no congresso em Ericeira..

Um abraço.

eXTReMe Tracker

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP